quarta-feira, 26 de agosto de 2015

CÃEZINHOS PODEM NADAR NA PISCINA?

O verão se aproxima e surge a pergunta: devemos deixar o cachorro de estimação nadar na piscina? Ele adora água, mas será que faz mal?

A primeira dúvida é: faz mal a quem? Ao cachorro ou aos humanos que também frequentam a piscina? A questão é controversa e não encontrei na internet argumentos que justificassem satisfatoriamente a proibição. Tanto os humanos quanto os cães poderiam de alguma forma, ser prejudicados. O cloro é nocivo a ambos e os cachorros podem ser mais sensíveis aos seus efeitos. A água, entrando nos ouvidos dos cães, pode causar otites. Os humanos não experimentariam nada diferente do que já acontece ao compartilhar o ambiente com outros seres humanos. Cachorros não costumam urinar dentro d’água. Já os humanos...Micoses e infecções bacterianas são causadas por piscinas não tratadas convenientemente e não pelos animais que as frequentam. Claro que, assim como acontece conosco, deve ser feito um exame médico para liberar o banho. Cães com sarna ou qualquer outra doença de pele, feridas ou secreções, não devem ter o acesso liberado. Questão de bom senso. O animal deve estar limpo, com vacinas em dia, vermifugado, em plena saúde.
Liberado: cães podem nadar na piscina!
Liberado o banho, não jogue seu cachorrinho dentro d’água. Isso poderá criar traumas e deixá-lo com pavor de piscinas. Por um lado é bom, mas não é isso que queremos. Sempre o observe. Trate-o como se fosse uma criança, sempre com supervisão. Mesmo que ele saiba nadar na piscina muito bem, pode sentir câimbras ou cansaço, com risco de se afogar. A escada deve ser de fácil acesso para ele, permitindo a saída da água com facilidade, sem precisar de ajuda externa. Após o banho ele deverá tomar um banho com shampoo canino para retirar o cloro. É importante acompanhar a diversão do seu cachorro. Algumas raças de focinho curto, cabeça pesada, pernas curtas, não conseguem nadar e correm risco de afogamento. A piscina deve ter uma escada que permita o cão sair (http://www.fortalpiscinas.com.br/produtos/escadas/47) (principalmente caso ele entre e não tenha ninguém por perto para retirá-lo.

 Evite o tratamento com cloro no mesmo dia e nunca deixe seu cão sozinho. Caso ele não saiba nadar, deixe que ele se divirta em uma piscina rasa.
Você poderá comprar brinquedos flutuantes para se divertir muito com seu cão na piscina!



Vencido o preconceito, aproveite a diversão, curta o sol, beba uma cerveja (só não pode oferecer ao cãozinho,rsrs).

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Diversão na água: dicas de brincadeiras para piscina!

Nada mais gostoso do que se divertir com os pequenos e fazer brincadeiras na piscina. Qual criança não vai se divertir com pega-pega aquático, competições e outros jogos com bola na piscina do clube, do condomínio ou na casa dos coleguinhas. Vale a pena conferir estas dicas de brincadeiras para fazer na piscina.

 Muita diversão com brincadeiras para brincar na piscina

Ser um salva-vidas, peixinho ou sereia de faz de conta, flutuar com a boia ou simplesmente nadar de um lado para outro sem rumo ou propósito. Brincar na piscina é mesmo bom demais! Além de ser uma das atividades favoritas do verão, brincadeiras em piscina são ótimas para exercitar e tirar a criançada da frente das telinhas. Há várias opções divertidas de brincadeiras para brincar na piscina, que vão entreter as crianças e os adultos também. Vamos todos entrar na onda?

Brincadeiras em piscina com competições

Se tiver um número grande de pessoas, as competições aquáticas são brincadeiras para piscina que certamente vão render boas risadas. Veja algumas ideias:
Corrida com copo
Para fazer esta brincadeira de piscina será necessário duas equipes e um número par de pessoas, assim nenhum time fica na desvantagem. Coloque um balde em uma extremidade da piscina e peça para os participantes ficarem fora dela. Quando o sinal for dado, uma pessoa deve pular na água e atravessar a piscina com o copo de plástico na boca. Vence a equipe que encher o balde com água primeiro. Lembre-se que as crianças precisam ser supervisionadas por um adulto para fazer esta brincadeira.
Gelo na água
Outra brincadeira para piscina que é bem divertida é a competição de recolher cubinhos de gelo. A princípio parece fácil, mas as equipes devem tirar o gelo da água usando os pés ao invés das mãos. Ganha o grupo que conseguir colocar para fora da piscina o maior número de cubinhos de gelo.
Caça aos números
Que tal propor uma competição aquática que incentiva a criançada a praticar a tabuada? Além de divertida, esta brincadeira para piscina pode ser um ótimo jeito de afiar as habilidades matemáticas dos pequenos.
Para iniciar a brincadeira, separe duas equipes. Depois espalhe vários números de E.V.A em um canto da piscina. Proponha uma conta, por exemplo, “quanto é 7×8?”.
O primeiro participante de cada equipe deve pular na água e pegar os números com o resultado correto. Conceda um ponto ao grupo que chegar primeiro com o resultado certo. Vence a brincadeira a equipe que ganhar mais pontos.

Brincadeiras para a piscina: ideias de pega-pega aquático

Uma das brincadeiras para se fazer na piscina que é favorita da criançada é o pega-pega. Há várias maneiras de adaptar este clássico passatempo infantil. Confira:
Nemo procura sua casa
Esta brincadeira de piscina é perfeita para um grupo grande de crianças. Organizar este pega-pega com os pequenos é bem fácil. Peça para dois participantes darem as mãos e um terceiro deve ficar ao centro. Lembre-se que o número de casinhas deve ser menor do que o de peixinhos.
Em seguida, dê o sinal :“Nemo procura a sua casa”. Durante a troca os peixinhos deverão procurar uma nova casinha e os que sobraram devem tentar entrar em alguma.
Faça variações para deixar esta brincadeira para piscina ainda mais divertida. Por exemplo, você pode dar um sinal dizendo: “Casa procura Nemo”. Neste caso, as casinhas deverão escolher um peixinho. Os que ficarem de fora deverão pagar uma prenda, que pode ser um polichinelo, imitar um animal ou cantar uma música.
Já se os pequenos escutarem o sinal de “Tsunami”, todos deverão trocar de lugar e se reposicionar novamente. Assim as casinhas viram peixe e os peixinhos viram casinha! Divertido, não é?
Pega rabo
Esta brincadeira para piscina é bem simples. Recorte tirinhas de saco plástico colorido para fazer de rabinhos. Depois peça para os participantes prendê-los na roupa de banho. Lembre-se que o pegador deverá ficar sem rabo. Ao sinal de 1,2,3, o pegador deverá caçar um rabinho para si. A criança que perdê-lo se torna o pegador.
Passa no túnel
Esta brincadeira de piscina é bem parecida com o pega-pega tradicional. A única diferença é que a pessoa que for pega deverá permanecer em seu lugar com as pernas abertas. Para ser libertada, esta pessoa precisa que um participante passe por debaixo de suas pernas.
São muitas as opções de brincadeiras para brincar na piscina: corrida de boias, brincadeiras com bolas, jogos de imaginar, entre outros. 

E na sua casa, quais são as brincadeiras de piscina prediletas da criançada? Tem outras ideias de passatempo para se divertir na água? Envie suas sugestões e comentários.
falecom@fortalpiscinas.com.br
(31) 3493-3366

terça-feira, 30 de junho de 2015

COMBINAÇÃO CRIANÇA E PISCINA REQUER ATENÇÃO!!!

Brinquedo esquecido na piscina pode significar um risco, de acordo com estatísticas 6 crianças morrem afogados em piscinas por dia no brasil.

A combinação criança e piscina pode ser muito perigosa independente do tamanho e profundidade da piscina, os cuidados devem ser os mesmos.
Um brinquedo esquecido na piscina pode significar um risco “Tudo que chama a atenção da criança é prejudicial, ela vai tentar buscar o objeto e um desequilíbrio ela pode cair na piscina e se afogar.”.
O ideal é usar capa de proteção, Lona Forte Xp para cobrir a piscina, mesmo com o isolamento de grade.
Se tem criança em casa precisa se preocupar em isolar a área da piscina. “Uma Lona Forte Xp é importante para fazer a proteção, pois uma criança com um ou dois anos não tem a consciência do risco que está correndo”.
A dica é nunca deixar a criança sozinha dentro ou próximo da água, mesmo em lugares rasos e instruir quanto ao perigo ao entrar em águas mais profundas.
Segundo pesquisas, dois minutos são suficientes para que a criança se afogue e perca a consciência.
Caso aconteça um acidente a dica é: Retire a criança da água e ao verificar que ela não está respirando, a primeira coisa a se fazer é chamar o SAMU no 192. Depois deve colocar a criança em um local plano rígido, e na altura dos mamilos, fazer compressões de 3 a 5 centímetros de amplitude e esperar o socorro.


SUA FAMÍLIA!! SEU MAIOR PATRIMÔNIO
www.fortalpiscinas.com.br
(31) 3493-3366

sexta-feira, 15 de junho de 2012

TODOS OS BENEFICIOS DA NATAÇÃO

Bebés, grávidas e idosos podem tirar proveito deste desporto aeróbio, de pouco impacto para os ossos.




Existem muito poucos desportos tão completos e ao alcance de tanta gente. Qualquer pessoa, independentemente da idade, sexo ou profissão, pode fazer natação sem problemas uma vez que a água é um meio benéfico para o corpo, relaxante, sem efeitos agressivos e favorece as funções orgânicas. Para além disso:
1. REDUZ O RISCO DE EPISÓDIOS CARDIOVASCULARES. Braçada após braçada, o coração torna-se mais forte, ganha músculo e perde a gordura que o rodeia, o que faz com que consiga bombear mais sangue para o resto do organismo. Para além disso, reduz a frequência cardíaca e estimula a circulação sanguínea.



2. MELHORA O SISTEMA RESPIRATÓRIO. Os pulmões são órgãos elásticos, cuja capacidade de contracção e expansão depende dos músculos da parede torácica. Com a natação, estes músculos fortalecem-se e, como resultado, a respiração permite-lhe uma maior oxigenação.



3. FORTALECE AS ARTICULAÇÕES. A natação faz com que os músculos aumentem de tamanho e protejam mais eficazmente tendões e ligamentos, para além de exercitar todas as articulações e potenciar a sua flexibilidade. A sua lubrificação interna também melhora, aliviando a dor causada pela artrose.



4. SOBE A AUTO-ESTIMA. Os desportistas sentem-se mais independentes e seguros. No caso da natação, a estes benefícios acrescenta-se o facto de a água permitir uma liberdade de movimentos que o trabalho em terra não proporciona. Isto favorece a vertente lúdica, facilitando o relaxamento mental.



5. REDUZ A DOR E O RISCO DE LESÕES. O fortalecimento do nosso organismo faz com que muitas dores de origem difusa diminuam. A natação é um dos desportos mais recomendados pelos especialistas para acalmar patologias que impliquem muitas dores, como a fibromialgia.



6. RETARDA OS EFEITOS DO ENVELHECIMENTO. Tanto a nível físico como psicológico. São vários os estudos que confirmam que uma pessoa de 65 anos que faz exercício regularmente tem uma maior capacidade física e vital do que de 45 que não faz nenhuma actividade desportiva.



Ao sabor das ondas
Aproveite os dias de praia para fazer alguns exercícios:
Glúteos e pernas
· Em pé, com a água pela cintura, contraia os glúteos e estique a perna esquerda para trás. Volte à posição inicial e repita o movimento, mas com a perna direita. Faça uma série de 10 repetições para cada perna.
· Em pé, com a água pela cintura, pés juntos, coloque a mão esquerda na cintura e levante a perna esquerda para o lado, permanecendo nesta posição durante alguns segundos. Repita 20 vezes com cada perna.
Abdominais e cintura
· De pé, com a água à altura do peito e os braços cruzados, suba os joelhos enquanto contrai a barriga, depois estique as pernas para o lado esquerdo, volte ao meio novamente enquanto flecte os joelhos sem pousar os pés no chão. Faça o exercício de novo, mas para o lado direito. Repita 15 vezes para cada lado

quarta-feira, 25 de abril de 2012

MANUTENÇÃO DE PISCINAS

Ter uma piscina é um privilégio. Entretanto, o proprietário tem alguns deveres e responsabilidades a cumprir, como a manutenção da mesma, que é fundamental. As piscinas precisam ser limpas regularmente.

A conservação da piscina é algo que deve ser feito durante todo o ano, independentemente do tipo e se ela está sendo utilizada ou não.

Mantenha o equilíbrio químico da água. Você deve medir o nível de pH (medida de acidez) ou a alcalinidade duas vezes por semana. Pode proceder adicionando um ácido, como o muriático, ou uma base, como o bicarbonato de sódio. Os níveis de pH incorretos podem danificar a piscina e os equipamentos. Já as bactérias e as algas podem ser destruídas com o uso de cloro.

Você deve limpar frequentemente a bolsa do skimmer, e fazê-lo pelo menos duas vezes por semana. Só assim poderá garantir a circulação de água fresca. As folhas e outros tipos de resíduos que se depositam no fundo da piscina devem-se limpar com uma rede especial.

A turbidez da água na sua piscina pode ser solucionada com uma dose de clarificador de água, isso porque as partículas que são demasiado pequenas e que não ficam retidas nos filtros podem ser descartadas com os agentes clarificadores. Esses fazem com que tais partículas se peguem neles próprios, formando assim partículas maiores, que finalmente serão limpas com facilidade.

O controle da dureza cálcica também é muito importante. Se a água está com pouco cálcio, ela se torna corrosiva; e se a presença de cálcio é muito alta, aparecem escamas. Esse tipo de controle deve ser feito mensalmente.

Por último, os filtros das piscinas têm predisposição a acumular gordura e azeite. Para a limpeza desses se usa um filtro desengordurante.

Se você executa todo o que foi mencionado anteriormente, lhe garantimos que poderá manter a sua piscina em bom estado durante todo o ano.

Autor: br.Piscinas.com

CONTRATE A FORTAL PISCINAS PARA REALIZAR O SERVIÇO DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO NA SUA PISCINA.
31 3493-3366

segunda-feira, 23 de abril de 2012

VAZAMENTO DE PISCINA


Um problema bastante frequente de piscinas com certa idade é a perda de água por vazamentos. Deixá-la vazar e completar toda hora com água do hidrômetro pode sair muito caro, já que a maioria das concessionárias de água cobra uma tarifa progressiva.

A Fortal Piscinas detecta vazamentos em piscinas através do processo de rastreamento sem causar danos à estrutura física de sua piscina e ainda executa os reparos nas tubulações ou estrutura com a piscina cheia.

Após os testes e avaliação dos vazamentos encontrados será apresentado o orçamento para executar os devidos reparos, e mediante aprovação do cliente os mesmos serão executados utilizando ferramentas especiais que permite reparar os vazamentos sem grande perda de água, evitando assim o esvaziamento da piscina o que acarretaria um grande desperdício de água e dinheiro.

A Fortal Piscinas possui tecnologia de ponta e profissionais especializados e com ampla experiência no ramo de caça vazamentos a fim de obter os melhores resultados na localização dos vazamentos.



Quando existe a suspeita de um vazamento, o que pode ser feito?

Primeiramente manter a calma e tentar identificar o seguinte:

1) Como ter certeza do vazamento?
Meça durante um prazo de 24 horas sem chuva quantos milímetros o nível da água da sua piscina diminuirá.
A diminuição de até 3 mm por dia é normal, por conta dos efeitos da evaporação. A evaporação depende de vários fatores climáticos, como a temperatura da água, baixa umidade do ar e vento forte.

2) A piscina esvazia totalmente ou ela para de vazar no meio do caminho?
Se a água da piscina desce mais do que 3 mm por dia, deixe ela esvaziar sem completar e observe até que nível ela diminui.
Às vezes ela para de descer no meio do caminho justamente na altura onde têm bocas de canos (retornos, aspirador, grelha de sucção para aquecimento ou hidromassagem) ou luminárias. Isto é um forte indício que provavelmente existe um vazamento naquele encanamento ou luminária.

3) Quais são as soluções?
Se o problema está localizado em um cano da piscina, é recomendável descobrir o ponto exato do vazamento. E a Fortal Piscinas detecta esse ponto com auxilio de um teste com ar pressurizado e um equipamento de ultra-som.


Contudo, no caso da piscina de azulejo, se o problema está localizado na estrutura física da piscina, recomeda-se a adequação da piscina para receber um bolsão de vinil, para realizar esse serviço não é necessário a retirada do revestimento de azulejo. Essa adequação é realizada pela Fortal Piscinas.



ENTRE EM CONTATO COM A FORTAL PISCINAS E SOLICITE SEU ORÇAMENTO.
3493-3366
www.fortalpiscinas.com.br